15 dezembro 2010

chico buarque.

- eu vi que todo grande amor ainda é pouco, ainda é nada.