28 setembro 2010

O perdão.

"E, se teu irmão pecar contra ti, repreende-o e, se ele se arrepender, perdoa-lhe. E, se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; perdoa-lhe." (Lucas 17:3-4) "Porque, se perdoares aos homens suas ofensas, também o vosso Pai celestial perdoará a vós. Se, porém, não perdoares aos homens as suas ofensas, também vosso Pai não perdoará as vossas ofensas." (Mateus 6:14-15)

27 setembro 2010


eu que já não sou assim
muito de ganhar
junto às mãos ao meu redor
faço o melhor que sou capaz
só pra viver em paz

Era amor?


“O amor é paciente, é bondoso, não inveja, não se vangloria, não se orgulha, não maltrata, não procura seus próprios interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta, o amor nunca falha.” I Coríntios 13:4-8


"Todo sopro que apaga uma chama,
reacende o que for pra ficar."

21 setembro 2010

O sonho.


(...) No sonho eu acordava de um coma, ainda sem entender o que havia acontecido.
Eu chamei por quem eu tinha certeza que estaria ao meu lado, como havia ocorrido durante toda a minha vida: MÃE?!
E foi quando eu ouvi sua voz. Não importavam as palavras, o som era a única resposta que eu precisava pra saber que estava viva... e mais importante ainda: Que estava aonde eu queria estar. Perto dela!

Acordei, fiz o que tinha a ser feito (ainda com o sonho na cabeça). Assim que pude entrei no orkut e lá estava ela, mais uma vez:

Meu anjo, boa noite!
Queria dizer q vc torna a minha vida + feliz!
Obrigada por ser esta filha maravilhosa, linda, inteligente, amiga, guerreira... e muito mais!
Tenho orgulho de ser sua mãe! Te amo!
Gde beijo!!!

Não tenho como descrever.
Ela é perfeita, incrível. É quem eu mais amo no mundo. É meu orgulho, minha estrutura, meu exemplo. É a minha motivação. Eu trocaria tudo para tê-la pra sempre ao meu lado. Eu faria qualquer coisa por ela. É por ela que eu estou aqui e é graças a ela que sou quem sou.
Mãe, eu te amo.

Senhor, obrigada por ter me concedido amar tanto alguém. Obrigada por ter selecionado a melhor mãe do mundo exclusivamente pra mim! Muito obrigada por me deixar viver ao lado da sua criação mais perfeita!

17 setembro 2010


quero acreditar de novo.
quero acreditar no novo.
quero o novo tudo de novo!

11 setembro 2010

(Gotthard, Lift U Up.)


All I wanna do's put a smile back there on your face.

Fernando Anitelli com sua sabedoria imensurável profetizou em verso o que seria a incógnita deste meu sábado: "Acredito que errado é aquele que fala correto e não vive o que diz." Eu gostaria, simplesmente, de saber por que as pessoas insistem em idéias e em sentimentos se no final vão fazer prova com sua própria atitude do contrário. Como alguém pode querer confiança se na primeira oportunidade provam que não a merecem. Por que dar chances e chances de uma pessoa te provar uma coisa que na verdade não existe? Eu não quero mais me enganar, mas que o engano me ensine a enxergar. Enxergar a verdade.

08 setembro 2010


Tenho andado distraído
Impaciente e indeciso
E ainda estou confuso
Só que agora é diferente
Estou tão tranquilo
E tão contente...

Quantas chances desperdicei
Quando o que eu mais queria
Era provar pra todo o mundo
Que eu não precisava
Provar nada pra ninguém

Me fiz em mil pedaços
Pra você juntar
E queria sempre achar
Explicação pro que eu sentia
Como um anjo caído
Fiz questão de esquecer
Que mentir pra si mesmo
É sempre a pior mentira

Mas não sou mais
Tão criança, oh! oh!
A ponto de saber tudo...

Já não me preocupo
Se eu não sei por que
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê

E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu vejo
O mesmo que você...

Tão correto e tão bonito
O infinito é realmente
Um dos deuses mais lindos
Sei que às vezes uso
Palavras repetidas
Mas quais são as palavras
Que nunca são ditas?

Me disseram que você
Estava chorando
E foi então que eu percebi
Como lhe quero tanto...

Já não me preocupo
Se eu não sei por que
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê

E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu quero
O mesmo que você...

Oh! Oh! Oh! Oh!...

02 setembro 2010

Who do you pray for at night before you go to sleep?


“Há pessoas que transformam o sol numa simples mancha amarela,
mas há também aquelas que fazem de uma simples mancha amarela o próprio sol.”


Jogue fora todos os números não essenciais para sua sobrevivência.
Isso inclui idade, peso e altura.
Deixe o médico se preocupar com eles.
Para isso ele é pago.

Freqüente, de preferência, seus amigos alegres.
Os de "baixo astral" puxam você para baixo

Continue aprendendo...
Aprenda mais sobre computador, artesanato, jardinagem, qualquer coisa.
Não deixe seu cérebro desocupado.
Uma mente sem uso é a oficina do diabo.
E o nome do diabo é "Alzheimer".

Curta coisas simples.
Ria muito, e muito alto.
Ria até perder o fôlego.
Lágrimas acontecem.
Agüente, sofra e siga em frente.

A única pessoa que acompanha você a vida toda é você mesmo.
Esteja vivo, enquanto você viver!

Esteja sempre rodeado daquilo que você gosta:
Família, Animais, Lembranças,
Música, Plantas, um Hobby, o que for.
Seu lar é o seu refúgio.

Aproveite sua saúde.
Se for boa, preserve-a.
Se está instável, melhore-a.
Se está abaixo desse nível, peça ajuda.

Não faça viagens de remorso.
Faça uma viagem ao Shopping, para uma cidade vizinha, para um país
estrangeiro, mas não faça viagens ao passado.

Diga a quem você ama,
Que você realmente os ama,
Em todas as oportunidades.

E lembre-se sempre que:
A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou,
Mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego:
De tanto rir...
De surpresa...
De êxtase...
De felicidade...

"O novo completa o que o comum já não preenche."


vejo a multidão fechando todos os meus caminhos,
mas a realidade é que sou eu o incômodo no caminho da multidão.

chico buarque.


eu quero fazer silêncio
um silêncio tão doente
do vizinho reclamar
e chamar polícia e médico
e o síndico do meu tédio
pedindo pra eu cantar
~

01 setembro 2010

Saga Panela Grill, episódio 4.356: O sofrimento.

Como as pessoas conseguem sair de casa nos finais de semana para almoçar no Panela Grill? Bom, talvez seja trauma de almoçar lá tooodos os dias da minha vida, mas é deprimente. Que saudade da comidinha da mamãe! :(
Bem, as sobremesas até que são interessantes e estão me fazendo virar um hipopótamo... mas a comida é estranha, muito estranha!
Tem o cara do "colaxãozinho" que fica na churrasqueira. Eu gosto dele! Tira o bacon do medalhão e pica só o franguinho pra mim! *-*
A torta de brigadeiro e a alemã são perfeitas e ultimamente o repertório musical tem melhorado muito... Chico Buarque, Scorpions (...) impressionante a evolução do DJ. Não aguentava mais almoçar ouvindo o trágico modão sertanejo!
Outra coisa boa no P.G. é que é o único restaurante frequentável de Manhuaçu, na minha humilde opinião. E eu sou enjoada pra comida! Lá tem muita opção (o problema é que eu enjoei de pratos requintados, tava querendo o basicão da mamãe) e o ambiente é bem frequentado na maioria das vezes...
Hoje, diferente do normal tinha um pessoal diferente lá... é estranho, mas eu fico viajando nas pessoas durante o almoço. Um camarada encheu o prato de linguiça. Encheu MESMO, praticamente usou a vasilha de linguiça como prato... e botou um anguzinho do lado pra camuflar. Chegando na mesa de saladas foi atraído pelos molhos, muitas variedades por sinal. Ele escolheu o French... pegou, cheirou (sim, ele praticamente enfiou o frasco no nariz), tentou ler a embalagem, sem entender perguntou ao amigo-do-prato-de-mandioca-com-bacon que também não sabia do que se tratava, então balançou o frasco, cheirou e cheirou de novo. Depois entornou o molho de salada inteiro na linguiça e no angu. Foi pra mesa, escolheu a mesa ao lado da minha, tenho muita sorte! Ele comia feito um porquinho e o que eu não esperava que acontecesse, aconteceu: uma eructação pública. Sim, queridos leitores, ele esbravejou um arroto bizzaro, feito um dragão, cheguei até a visualizar a fumaça brotando de sua singela guela. (y)
Depois foi procurar sobremesa e dentre uma diversidaaaaaaaaaaaaaaade de opções ele escolheu doce de figo. Normal, já que não tinha bananada e rapadura.
Foi enfiando figo por figo na boca, com ajuda de um palito e engolindo sem mastigar.
Por fim aproveitou o palito para reaproveitar as reservas de comida que tinham ficado nos dentes e saboreou um mix fantástico de comida e sobremesa simultâneos.
eu falo que não ter dinheiro não guarda relação com ser pobre de espírito e muito menos com carregar a roça pra cidade e me chamam de nojentinha.
Eu não sei quem é esse chucro, se é peão, bóia-fria, pedreiro, médico (zuei), maluco. Sei que ele conseguiu acabar com meu almoço até o dia que eu conseguir me esquecer dele. Acho que as pessoas deveriam saber o seu lugar, e com todo o preconceito que me é permitido após passar por isto tudo: LÁ NÃO É O LUGAR DELE.