25 dezembro 2010

breve desabafo pra guardar. não é interessante!

Hoje eu acordei péssima. Gripe, febre, dor por todas as partes do corpo! Presentão de Natal. E isso me fez lembrar do ano magnífico que tive. Primeiro, durante as férias de janeiro, comecei a ter "dores terríveis de estômago", sem saber o que era. No carnaval (minha festa preferida do ano) eu tive dengue. Fiquei semanas de cama, sem comer, perdendo 50 mil kilos. Em março descobri que as minhas crises de estômago eram, na verdade, crises de vesícula e eu teria que operar. Mas descobri , também, que tinha anemia, e não poderia operar! Aí tive que tratar da anemia, enquanto perdia meu cabelo. Perdi muita aula na faculdade por causa das crises, quase perco o período. Aí descobri que minha melhor amiga não era nem sequer minha pior amiga. Ela não era minha amiga (e eu a chamava de irmã). Eu já visitava o hospital 15 vezes por mês, e pra ajudar não tenho veias, haja furos! Por fim, em julho, durante as férias, eu pude operar.

A cirurgia, que normalmente duraria 30 minutos, durou 2h30. Após a cirurgia eu comecei a sentir tanta dor que eu já sonhava em ter minha vesícula e seus 28562085602 cálculos de volta, pelo menos eu poderia tomar umas agulhadas e melhorar. Achei que estava morrendo, não conseguia me mover na cama. Precisei da minha mãe mais do que um recém nascido. Por mais que eu estivesse ali gritando de dor, tenho certeza que ela sofreu muito mais do que eu. Aí voltei no médico, ele falou que eu estava COM MEDO, QUE ERA COISA DA MINHA CABEÇA. Me passou um monte de antidepressivo. Nada resolvia! Ele podia simplesmente assumir a possibilidade de ter errado, mas não, a culpa era minha. Disse que talvez podia ter ficado uma pedrinha solta, ou que poderiam ser pelo líquido que ficou.

Daí outro médico (esse sim eu posso chamar de Médico) só de saber as notícias já pediu um exame, porque com certeza teria ficado um cálculo, e isso poderia atingir os outros órgãos e sabe-se lá mais o quê. Numa ressonância foi acusado um microcálculo no canal que liga alguma coisa ao pâncreas. Vai a Monique pra outra cirurgia. A essa altura do campeonato ele poderia operar sem anestesia que a dor já tinha se misturado. Graças a Deus este segundo médico era competente e a cirurgia foi um sucesso.

Fiquei me recuperando mais um bom tempo. Ainda não posso pegar sol por causa das cicatrizes mas estou bem. Aí achei que fosse ter as férias de fim de ano pra salvar 2010. Acontece que eu tô ficando em casa só o dia todo e nem vou viajar. Hoje, Natal, Papai Noel não achando suficiente tudo que foi o meu ano, me traz de presente uma gripe (espero mesmo que não seja outra dengue), minha anemia deve estar um absurdo de novo, nenhum dos meus 5 sentidos está funcionando e minha cabeça está explodindo em dor e febre.

Mas espera aí, que sorte eu tenho. Por mais que eu tenha xingado o Natal durante o dia todo, acho que agora, no fim do dia, eu me cansei e Deus aproveitou pra jogar na minha cara o que eu merecia. Primeiro que isso que eu tô sentindo é infinitamente nada perto do que eu senti e sofri em julho. Depois ele coloca na minha frente uma tragédia terrível acontecida esta semana (em véspera de Natal): minha prima foi assassinada friamente pelo ex-namorado psicopata que não aceitou a rejeição e se sentiu traído quando ela quis tocar a vida e ser feliz. Por fim, Ele deixa eu concluir que ela daria tudo pra estar aqui, com a família dela, passando o Natal ainda que doente... bem como a família dela, mesmo com toda a saúde do mundo daria a saúde e a própria vida para que ela pudesse estar aqui. 

Eu não sofri nada, minha vida é perfeita, Senhor! Muitíssimo obrigada pelo Natal incrível, ao lado do meu maior presente: minha família! Que me venham mil doenças, mas que nenhuma delas atinja a nenhum deles. Muito obrigada, Senhor, pela vida, pela oportunidade de estar aqui. Obrigada também pelos amigos, Senhor... foram-se alguns "amigos" mas mantive os verdadeiros, assim como vieram novos AMIGOS maravilhosos que eu aprendi a amar. Ilumine, Senhor, minha família, meus amigos e as demais pessoas que passarão pela minha vida e das pessoas que eu amo. Ilumine a todos os que não nos querem bem, para que não tenham forças para nos causar nenhum mal. Obrigada também a todos vocês que estiveram ao meu lado e não me deixaram desistir em momento algum! :o)

Eu preciso tanto de Você, o Seu amor é o que me faz crescer, e conhece como a própria mão, cada medo do meu coração. ♫

Em Você eu sei, me sinto forte, com Você não temo a minha sorte, e eu sei que isso veio de Você! ♫

Os dias correm, somem e com o tempo não vão voltar; só há uma chance pra viver. Não perca a força, e o sonho, não deixe nunca de acreditar, que tudo vai acontecer.

não preciso citar o fato de o meu Mengão quase ter sido rebaixado, também não preciso citar que o meu emocional esteve trastornado em todos os sentido e ainda está... e nem preciso dizer que este foi um dos piores, senão o pior ano da minha vida... mas acredite: estou muito feliz.